Repetir. Repetir, repetir, repetir.
Para aprender alguma coisa, é preciso repetí-la.
Alguém discorda?
Acredito que não.
Quando estudamos alguma coisa pela primeira vez, estamos suscetíveis a esquecê-la rapidamente. (Quem nunca?). Assim, podemos dizer que a repetição é um “processo de manutenção”, ou seja, a maneira pela qual conseguimos manter informações na nossa memória de curto prazo. 

Agora, quem concorda que repetição é uma coisa chata pra caramba?
=D

Calma… longe de descartar a importância da repetição no processo de aprendizagem… A reflexão que quero trazer hoje é de como podemos utilizar essa ferramenta a nosso favor.

Já ouviram falar de repetição espaçada? É um conceito já bem difundido mas, se não sabe, aqui vai: o sistema de repetição espaçada é um método de memorização baseado no conceito da curva do esquecimento de Ebbinghaus. Esse método parte do princípio que uma informação deve ser revisada regularmente para que fique “ancorada” no nosso cérebro, sendo que há um período de tempo ideal entre as revisões que devem ser feitas.

Outro ponto é que a aprendizagem não resulta apenas da mera repetição do discurso verbal, mas da relação de sentido que o aluno é capaz de estabelecer entre o seu conhecimento prévio e o novo conteúdo.

Então, antes de sair por aí decorando páginas de dicionário para aumentar o seu vocabulário, tente otimizar seu tempo com as técnicas ideais.

E é exatamente isso que fazemos aqui no IpD! Quer saber mais? Entre em contato com a gente!

Para mais #DicasDesesperadas de inglês siga as nossas redes sociais

Instagram.com/inglespdesesperados
Facebook.com/inglespdesesperados
Youtube.com/inglespdesesperados
Linkedin.com/school/inglespdesesperados